Trítono e Dominante: sem eles a música seria mais cinza | Dica de Teclado #38

Fala tecladista! Aqui é a Raquel Xavier do Aprenda Teclado para a Dica de Teclado #38. O assunto de hoje é: trítono e dominante.

Como já falamos aqui no Aprenda Teclado, o trítono pode ser muito explorado e hoje vamos fazer isso.

Mais especificamente iremos falar sobre a relação entre o trítono e o acorde dominante!

Já dando entrada no assunto de harmonia, o que a maioria dos tecladistas tem interesse em saber mais.

Vamos lá?

UM POUCO SOBRE O TRÍTONO

No artigo anterior conhecemos o trítono. O trítono é um assunto bem curioso dentro do mundo musical.

O trítono é um intervalo musical recheado de tensão, gerando uma das mais complexas dissonâncias de nossa música ocidental

O trítono é um “som” de alta instabilidade e por isso foi apelidado na Idade Média de “som do diabo”, por causa da sua sonoridade desarmônica.

O trítono é formado por um intervalo de três tons inteiros, o que equivale também ao intervalo de 4ª aumentada ou 5ª diminuta.

Sem o trítono a música não teria tanta “cor”, ela seria muito mais cinza. Já, já iremos descobrir o porquê.

O ACORDE DOMINANTE: O QUE É?

O acorde dominante é o quinto grau de um campo harmônico.

Ele, junto com a tônica e a subdominante, tem um papel bastante importante para harmonia musical.

Essa nomenclatura vem do estudo da harmonia, chamamos de harmonia funcional, que mostra basicamente a função de cada acorde dentro de uma tonalidade.

Por exemplo, no campo harmônico maior de dó o acorde dominante é o G7.

Outro exemplo, no campo harmônico maior de sol o acorde dominante é o D7.

O TRÍTONO E O ACORDE DOMINANTE

Bom a relação entre eles é: dentro de um acorde dominante existe um trítono!

Se você prestar atenção no Acorde Dominante ele também está sempre “pedindo” para repousar. É por causa do trítono que os Acordes Dominantes são tensionados, pois neles contém um trítono em sua formação.

Vamos observar o acorde de G7.

No teclado acima temos as notas que formam o acorde dominante G7. Em vermelho as sem tensão e em verde as notas que formam o trítono entre si.

Então, dentro do acorde de G7 o trítono está na distância entre a nota si e a nota fá.

Se for para pensar em outros acorde dominantes podemos dizer que o trítono é formado pelo terceiro grau do acorde e pelo sétimo grau do acorde.

Veja os graus que formam o Acorde Dominante:

  • sol : 1º grau
  • si : 3º grau
  • ré : 5º grau
  • fá : 7º grau

O trítono dentro do acorde faz com que o acorde sempre esteja “pedindo” para repousar, ou resolver.  Normalmente ele repousa no acorde de Cmaj7.

Uma curiosidade do trítono é que ele é usado em filmes de terror para causar a sensação de medo nos telespectadores.

CONCLUINDO

Tente ver analisar mais Acorde Dominantes e observe de perto para encontrar o trítono dentro dele.

Para conhecer mais e se aprofundar esse assunto indico que você conheça nossos Cursos, esse é um conteúdo que após dominado mudará sua forma de tocar!

E fica mais fácil ainda para os amantes do estudo de harmonia.

Para mais aulas e conteúdos sobre música, teclado e piano:

Faça o download grátis do livro “COMO TOCAR TECLADO BEM”.

Se você ficou com alguma dúvida, deixe nos comentários. 😉

Um abraço e até a próxima,

Raquel Xavier

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

VAMOS APRENDER TECLADO DE FORMA EMPOLGANTE?

Destrave o seu talento musical com este guia completo!

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo

Semana do Teclado

O passo a passo para a realização do
seu sonho de tocar teclado em 30 dias