Aprenda a proveitosa Tríade b5 | Dica de Teclado #40

Fala tecladista! Aqui é a Raquel Xavier do Aprenda Teclado para a Dica de Teclado #40. Nosso assunto de hoje é a tríade 5b.

Você já conhece esta tríade? Ou já ouviu falar?

Então hoje é o dia de aprender a montar a tríade 5b!

Vamos construir e entender de onde ela vem para que tudo fique bem claro sobre essa tríade.

Preparados? Vamos lá!

A TRÍADE 5b

Tenho certeza que você já ouviu falar de tríades, as mais populares são as maiores e as menores.

A tríade b5 faz parte dessa mesma família de tríades, as tríades básicas.

Esta é uma tríade útil que serve muito bem como base para alguns acordes dominantes interessantes, como é o caso do C7/b5 ou quem sabe o C5-/7/9-.

Aí nós já entramos no assunto de harmonia mas o assunto de hoje é outro, rsrs.

Vamos à tríade!

CONSTRUINDO A TRÍADE 5b

Primeiro de tudo iremos conhecer os intervalos desta tríade:

1  – 3M  – 5d

O primeiro intervalo nos leva a tônica, ou seja, o primeiro grau.

Já o segundo intervalo é o de terça maior que nos leva ao terceiro grau.

O último intervalo é o de quinta diminuta que nos leva ao quinto grau bemol, por isso o “b”, indicando bemol.

Se fossemos escrever os graus da tríade elas ficariam assim:

1  – 3  – 5b

Agora vamos para a escala e aplicar tudo isso!

A APLICANDO NA ESCALA MAIOR

Como exemplo iremos usar a escala maior de dó, que é a mais conhecida e que nos é mais familiar.

Vamos a escala e seus respectivos graus:

dó  ré mi  fá sol lá  si dó

1   2 3   4 5 6   7 8

Da escala iremos usar os graus 1, 3 e 5. O grau 1 não terá nenhuma alteração então será a nota dó.

O grau 3 também não irá sofrer alteração, ou seja, será a nota mi.

Já o grau 5 vai diminuir meio tom, assim ele se torna uma 5b. O quinto grau é a nota sol, diminuindo meio tom desta nota ela será o sol bemol.

Agora já temos as três notas da nossa tríade b5, veja elas juntas!

dó    mi solb

No teclado:

Para escrever a cifra dessa tríade nós iremos colocar o 5- depois do acorde, neste caso nosso acorde é o C5- (dó com a quinta diminuta).

Que tal construir outra tríade?

CONSTRUINDO O Bb5-

Iremos formar na tonalidade de si bemol para já desfazer aquela mística de que nos tons bemol é mais difícil.

Primeiro vamos para a escala de si bemol:

sib  dó  ré mib  fá  sol lá  sib

1    2 3    4 5 6    7 8

Vamos lá, o primeiro e o terceiro grau continuam os mesmos, ou seja, as notas sib e a nota ré.

Já o quinto grau nós iremos diminuir meio tom. Na escala o quinto grau é a nota fá, meio tom a menos teremos o fáb.

PS: A nota fáb está fisicamente localizada na mesma tecla do mi.

Colocando todas as notas juntas da tríade b5 de sib:

sib   ré fáb

1    3 5b

No teclado:

A cifra deste acorde fica assim: Bb5-

FINALIZANDO

Agora é com você, tente ter esses acordes nas pontas do dedo, assim como as tríades maiores e menores.

É importante você ter fluidez nesse tipo de tríade.

É a partir das tríades que vamos conhecer e construir vários acordes incríveis, como os que vemos no Curso Extraordinários!

Para mais aulas e conteúdos sobre música, teclado e piano:

Faça o download grátis do livro “COMO TOCAR TECLADO BEM”.

Se você ficou com alguma dúvida deixe um comentário para nós. 😉

Um abraço e até a próxima,

Raquel Xavier

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

VAMOS APRENDER TECLADO DE FORMA EMPOLGANTE?

Destrave o seu talento musical com este guia completo!

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo