Tom, semitom e dítono? Destrua a confusão | Dica de Teclado #16

Fala tecladista! Aqui é a Raquel Xavier, do Aprenda Teclado, e hoje vamos para mais uma Dica de Teclado. Nosso assunto será: tom, semitom e dítono.

Esses são termos muito usados no meio musical e estamos constantemente em contato com eles.

Tenho certeza que, ao longo da sua trajetória musical, você já ouviu falar sobre esses assuntos. 

Enfim, hoje estamos aqui para fazer com que você entenda de uma vez por todas as diferenças e semelhanças entre tom, semitom e dítono. 

Vamos lá!

SEMELHANÇA

A semelhança entre os três termos é que eles representam adistância entre as notas.

É através do tom, semitom que podemos “mensurar” a distância entre duas notas.

Assim como nós usamos quilômetros, metros e centímetros como forma de medir distâncias, assim é o tom e semitom na música!

Vale lembrar que para ter um tom e um semitom, precisamos de um ponto inicial e um ponto final, ou seja, precisa de duas notas para que haja uma medida.

DIFERENÇA

A diferença entre os termos é o próprio tamanho da distância.
Pelo nome já dá pra ter uma ideia não é?

Semitom vale a metade de um tom.

Para semitom usamos também meio-tom, assim fica mais evidente que meio-tom é menor que um tom.

TOM E SEMITOM

Esse é uma assunto que sempre causa confusão, principalmente entre os iniciantes.

Definir o que é tom e o que é semitom.

Hoje, vamos solucionar esse problema!

#1 – SEMITOM

O semitom é a distância entre duas notas (entre uma tecla e outra).

Se você está na nota e e quer ir para a nota dó#, a distância entre elas é de meio-tom ou semitom. Veja no teclado:

A abreviação que usamos para semitom é ST.

Se colocarmos todas as notas em uma linha a distância entre cada uma delas temos um intervalo de semitom. Observe:

dó  – dó#  – ré –  ré# – mi  – fá – fá#  – sol – sol#  – lá – lá# – si  – dó

Com todas as notas uma após a outra fica mais fácil de saber de qual nota para qual nota temos uma distância de semitom.

Por exemplo: a distância entra a nota mi e a nota é de um semitom, correto? Sim.

Você pode pensar quando as notas são vizinhas, ou seja, uma do lado da outra, a distância é de um semitom.

#2 – TOM

O tom é um intervalo contendo 3 notas.. Por exemplo: se você partir de e quiser chegar até ré, entre essas notas você tem dó#.

Então, dó – dó# – ré: 3 notas = tom.

Podemos associar também que tom é a soma de dois semitons.

Por exemplo: da nota para a nota dó# temos um semitom, da nota dó# até a nota mais um semitom, então da nota até a nota temos o intervalo de um tom.

A abreviação para tom é a letra T.

Veja mais alguns exemplos de distância de tom:

  • mi e fá#
  • sol# e lá#
  • sib e dó
  • lá e si

DÍTONO E TRÍTONO

O dítono e o trítono são nomeclaturas para uma certa quantidade de intervalos de tom.

  • Dítono é a distância de dois tons, como por exemplo a distância entre as notas dó e mi.
  • Trítono é a distância de três tons, como por exemplo a distância entre as notas dó e fá#.

Veja esses dois exemplos no teclado:

  • Dó e Mi (Dítono)
  • Dó e Fá# (Trítono)

FINALIZANDO

Bom tecladista, agora não tem mais motivo para confusão! Os conceitos de tom, semitom e dítono foram esclarecidos.

Se eu fosse você, escolheria aleatoriamente algumas notas e começaria a exercitar o conteúdo aprendido.

Para mais aulas e conteúdos sobre música, teclado e piano:

Faça o download grátis do livro “COMO TOCAR TECLADO BEM”.

Uma forte abraço e nos vemos na próxima dica,

Raquel Xavier

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

VAMOS APRENDER TECLADO DE FORMA EMPOLGANTE?

Destrave o seu talento musical com este guia completo!

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo

PARTICIPE DO MEU GRUPO EXCLUSIVO NO TELEGRAM​

Clique abaixo para estudar comigo e receber os avisos das aulas diretamente no seu Telegram.