Target Notes: As principais Notas em um Improviso

Target Notes: As principais Notas em um Improviso
Fala tecladista! Tudo bem com você? Aqui quem fala é o Augusto Canarin, do Aprenda Piano, e hoje é dia de você aprender sobre as famosas notas de destino, chamadas em inglês como target notes.
Em uma tradução literal do termo em inglês:

  • Target: Alvo
  • Notes: Notas

As notas alvo ou notas de destino, são assim chamadas para caracterizar nota super importantes em improvisos e solos musicais.
Essas notas funcionam como o foco principal em uma improvisação e nós vamos aprender como trabalhar em cima delas, agora!

SOLOS E IMPROVISAÇÃO

Antes de focarmos no tema principal desse artigo, você precisa entender o campo de ação que essas notas serão usadas, nesse caso o campo dos solos e improvisos.
A arte de improvisar em uma música é muito simples!
O básico para a improvisação em uma música, é primeiramente entender que você vai executar variações de notas em cima de uma progressão específica de acordes.
Com isso, você precisa ter conhecimento sobre qualquer uma das 12 tonalidades musicais e usufruir de três escalas principais para executar um solo:

Sabendo isso, você então pode executar o que quiser em uma música que vai ficar muito bonito, certo? ERRADO!
Muitas vezes, mesmo executando notas e utilizando diferentes técnicas para isso, acontece de algumas dessas não soarem tão bem dentro da música.
E detalhe: mesmo pertencendo ao campo harmônico.
Então, em um improviso, mesmo você fazendo tudo dentro da teoria, as vezes pode não dar certo. Isso é perfeitamente normal!
A explicação disso tudo é que não podemos ficar bitolados apenas ao campo harmônico mas expandir isso, pensando mais nos acordes.
Um solo musical, ele é feito quando já se tem uma base da música. Essa base é chamada de harmonia que é constituída por acordes, ou seja, o foco nisso tudo está mais ligado aos próprios acordes.
Cada nota que será usada para executar o improviso, mesmo que esteja dentro da escala e do campo harmônico, precisa ter a garantia de que ela vai embelezar a sua música e não arruinar.
Entendendo isso, podemos então dar continuidade as notas alvo (target notes).

O QUE SÃO TARGET NOTES?

Como já mencionamos acima, target notes é um termo da língua inglesa que, transferido pro português é o mesmo que notas alvo ou notas de destino.
Esse tipo de nota está inteiramente ligada com os solos e improvisos em uma música.
Porém, notas alvo é um nome meio que sublimar para: notas principais.
Em todo solo ou improviso sobre acordes, você concorda que terá sempre algumas notas mais importantes do que outras?
Vamos analisar isso através de uma progressão de acordes na tonalidade de Ré maior (D).

ACORDES EM RÉ

D – G – Bm – A

Acordes utilizados no exemplo:

  • D: 1º grau
  • G: 4º grau
  • Bm: 6º grau
  • A: 5º grau

Acorde de Ré (D)
Acorde de Ré (D)
Acorde de Sol (G) 
Acorde de Sol (G)
Acorde de Si menor (Bm)
Acorde de Si menor (Bm)
Acorde de Lá (A)
Acorde de Lá (A)

  • Escala Maior de Ré: Ré – Mi – Fá# – Sol – Lá – Si – Dó# – Ré
  • Campo Harmônico de Ré: D – Em – F#m – G – A – Bm – C#m7(b5)

Perfeito! Agora você tem, 4 acordes dentro do campo harmônico e da tonalidade de ré.
Todas as notas e acordes seguindo a obrigatoriedade das escalas e do próprio campo harmônico, como deve ser.
Analisando nesse momento, os 4 acordes da progressão e tudo que envolve a tonalidade de ré, quais notas você acha que são as principais para um solo?
As principais notas a serem utilizadas em um improviso, são as próprias notas que formam os acordes. Então:

  • Acorde de D: Ré – Fá# – Sol
  • Acorde de G: Sol – Si – Ré
  • Acorde de Bm: Si – Ré – Fá#
  • Acorde de A: Lá – Dó# – Mi

Então, em cada acorde, as notas alvo são as próprias notas que formam o acorde.
Os improvisos devem ser feitos, durante cada acorde, em cima de suas notas.
Essa é a ideia por trás das Target Notes!

OBJETIVO: NOTAS DE DESTINO

Após entender o conceito por trás das target notes, você vai descobrir agora o porque do termo “notas de destino”.
Você deve estar pensando:
Quer dizer então que eu só posso improvisar, utilizando 3 notas em cada acorde? Nada mais que isso?
Se o meu acorde tiver uma sétima, por exemplo, eu vou poder nesse caso improvisar utilizando 4 notas?
Na verdade, é aí que está a grande sacada das notas de destino.
Não, os seus solos e improvisos não vão ficar limitados a apenas 3 ou 4 notas por acordes.
O que você precisa fazer é executar um improviso, passando pelas notas que podem ser utilizadas (notas da escala), visando porém chegar até as notas principais.
Então, nesse caso, você tem um foco a ser atingido ou melhor você tem um destino o qual você pretende chegar.
Esse destino são as próprias target notes.
O seu improviso nesse caso, funcionará como uma ponte e no final dessa ponte você tem as notas principais de cada acorde.
Quando você faz essa divisão com as notas, priorizando algumas delas, você consegue um resultado muito melhor nos seus solos e improvisos.
Quer saber como fazer isso na prática, com exemplos e dicas be comuns do seu dia a dia?
Então acesse o artigo:

FINALIZANDO

Por hoje é isso tecladista! Curtiu o assunto sobre as Target Notes?
Experimente utiliza-las e focar mais nas notas de cada acorde. Você verá a diferença claramente.
Antes que você termine essa leitura, recomendo que acesse nossos cursos online para piano e teclado, e fique por dentro de todos os outros conteúdos.
Um forte abraço e nos vemos em um próximo assunto!
Augusto Canarin

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

VAMOS APRENDER TECLADO DE FORMA EMPOLGANTE?

Destrave o seu talento musical com este guia completo!

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo

Participe da

Semana do Teclado

O passo a passo para a realização do
seu sonho de tocar teclado em 30 dias