Pianoforte: A história antes do piano

Pianoforte: A história antes do piano
Fala, Tecladista! Tudo bem? Aqui é o Heitor Carvalho, do Aprenda Piano, trazendo para você a história do pianoforte.
O pianoforte é o antecessor do piano, acreditasse que ele surgiu por volta de 1.700.
Seu criador é considerado o mesmo do piano, Bartolomeo Cristofori.
Afinal, foi graças a esse instrumento, que o piano nasceu.
Pois foi com o desenvolvimento dele, que se conseguiu chegar ao piano em si.

Definição

Por ser um instrumento antigo, saber sua definição é possivelmente o mais próximo que você chegará de um pianoforte.
A não ser é claro que você já tenha um em sua casa, ou tenha a sorte de ver ou comprar um futuramente.
Até porque o mesmo segue sendo fabricado, porém em pequenas escalas, apenas para quem deseja conseguir executar performances de época.
Mas voltando ao assunto, que é a sua definição, temos que o pianoforte é um instrumento musical, antecessor ao piano, criado pelo italiano Bartolomeo Cristofori, por volta de 1700.

História do pianoforte

O pianoforte, invenção do italiano Bartolomeo, nasceu na própria Itália, por volta de 1.700.
Sucesso desde sua criação, o instrumento foi vendido para toda a Europa até o século XIX.
Apos esse período, o instrumento deu espaço a um novo instrumento no mercado, o piano.
Piano esse que foi resultado de muito trabalho em cima do pianoforte, para desenvolvê-lo o máximo possível.
Por conta disso o pianoforte é considerado o antecessor do piano, pois a criação do piano, semelhante ao que conhecemos hoje em dia, só foi possível após melhorias nesse instrumento.
Ou seja, sem a criação do pianoforte e por consequência seu desenvolvimento, o piano não existiria.
Observando essa relação, percebemos uma evolução de instrumento para instrumento, que começou com o cravo, depois passou para o pianoforte, até chegar ao piano.

Desenvolvimento do piano

A estrutura do piano em si, permanece a mesma de anos atrás, quando surgiu.
Com a substituição é claro de alguns materiais que eram usados na época, porém a estrutura em si continua sendo mantida, a não ser quando falamos do piano digital.
Pois o piano digital lembra o pianoforte apenas em aparência, já que seu funcionamento é totalmente diferente.
Mas isso já era de se esperar, afinal mais de 300 anos separam os instrumentos.
Porém, uma coisa é surpreendente, há 300 anos, Bartolomeo Cristofori já estava no caminho certo.
Digo caminho certo, pois o instrumento que criou por volta de 1.700 passou sim por mudanças, mas nada drástico e inovador, foram apenas modernizações, atualizações digamos.

Atualmente

A prova de que o instrumento criado por Bartolomeo era fabuloso para sua geração e ainda o é para nossa.
É que ainda hoje o pianoforte segue sendo fabricado.
Produzido em pequena escala, ele segue sendo o instrumento procurado por músicos que desejam executar performances de época.

Concluindo

A música é rica de histórias, e o pianoforte com certeza escreveu seu nome em algumas delas.
Para você que se interessou por esse conteúdo, veja o Guia completo sobre a origem do piano, acredito que você também ira gostar.
Afinal a história de ambos os instrumentos se cruzam em função de seu criador, Bartolomeo Cristofori.
Até a próxima história!
Heitor Carvalho

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

VAMOS APRENDER TECLADO DE FORMA EMPOLGANTE?

Destrave o seu talento musical com este guia completo!

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo

PARTICIPE DO MEU GRUPO EXCLUSIVO NO TELEGRAM​

Clique abaixo para estudar comigo e receber os avisos das aulas diretamente no seu Telegram.