Um dos maiores pecados na Improvisação: Ignorar a Penta menor | Dica de Teclado #5


Fala tecladista! Aqui é a Raquel Xavier, do Aprenda Piano, e hoje vamos conversar sobre a Dica de Teclado #5.
Nosso assunto de hoje é a incrível escala pentatônica menor!
Essa escala é tão incrível que podemos considerar um desperdício não usá-la em nossas execuções.
Mas o que será que essa escala tem de tão incrível?
Se você quer encontrar respostas para essa pergunta, fique comigo até o final do artigo para que a gente descubra juntos.
Vamos nessa?

O mais incrível livro sobre teclado agora é distribuído de graça.

Baixe o seu clicando aqui!

POR QUE APRENDER A ESCALA PENTATÔNICA MENOR?

Eu poderia listar alguns motivos e muitos deles iriam te convencer facilmente, mas vou escolher apenas um, completamente irresistível. 😀
Antes de revelar o que torna essa escala irresistível, preciso que você saiba de uma coisa.
Eu, você e todos os outros tecladistas temos algo em comum. Sabe o que é?
Todos nós temos ou já tivemos momentos em que dá um “branco” ou que parece que a criatividade acabou.
Fiz questão de mencionar isso para você saber que não é o único.
A escala pentatônica pode te salvar nesse momento de “pane”, porque sabendo ela, dificilmente você vai errar um solo ou uma improvisação sobre um acorde menor.
Isso porque não há nota a ser evitada, basta executar todas as notas da escala sem padrões, de forma espontânea.
É um ótimo motivo, não é? Imagine que perfeito poder tocar sem preocupações, sem precisar pensar qual nota inserir na progressão de acordes e na escala.
Entendendo o motivo principal da penta menor, precisamos agora colocar a mão na massa!

FORMAÇÃO DA ESCALA PENTATÔNICA MENOR

Para formar a escala pentatônica menor, vamos utilizar os seguintes graus:

1 – b3 – 4 – 5 – b7

Vamos aplicar essa regra na tonalidade de dó, para que qualquer tecladista consiga compreender de forma simples.
A escala base para encontrar as notas é a escala maior.
Vamos então, a partir da escala maior e da regra apresentada acima, construir a escala pentatônica menor de dó:

  • O primeiro grau é o próprio .
  • O terceiro grau de dó é a nota mi, mas como você pode perceber tem um “b” acompanhado do 3. Isso quer dizer que precisamos reduzir meio-tom do terceiro grau. Então, reduzindo meio tom de mi, temos: mib.
  • O quarto grau de dó é a nota .
  • O quinto grau de dó é a nota sol.
  • O sétimo grau de dó é si, mas da mesma forma como no terceiro grau, vamos reduzir meio-tom do sétimo grau. Reduzindo meio tom de si, temos: sib.

Colocando todas as notas em sequência:

dó – mib – fá – sol – sib

1  – b3  – 4 –  5 – b7

Veja como fica essa escala no teclado:

Essa é uma escala bem simples, mas com uma sonoridade bem interessante.
Não deixe de executa-la em todas as tonalidades para que você entenda bem a formação e a “pegada” da escala.

ONDE APLICAR ESTA ESCALA?

A penta menor vai se encaixar na maioria dos acordes menores. Observe algumas possibilidades:

  • m (menor)

  • m7 (menor com sétima)

  • m6 (menor com sexta)

  • m7/9 (menor com sétima e nona)

Continuando a pensar na tonalidade de dó, os acordes ficariam assim:

  • Cm (dó – mib – sol)

  • Cm7 (dó – mib – sol – sib)

  • Cm6 (dó – mib – sol – lá)

  • Cm7/9 (dó – mib – sol – sib – ré)

Para entender a sonoridade da escala, faça com a mão esquerda uma das sugestões de acordes menores acima. Já na mão direita, faça a escala pentatônica menor respectiva do acorde.
Veja este exemplo com o acorde de Cm na mão esquerda e a escala pentatônica menor de dó:

Curtiu a sonoridade? A Escala Pentatônica Menor é uma das escalas mais úteis, principalmente em uma improvisação.

Aprenda teclado ou piano de forma inteligente. Aproveite agora

Baixe o ebook gratuitamente!

A ESCALA PENTATÔNICA MENOR

Eu pensei que se você chegou até aqui é porque merece ganhar uma tabela completa, com a escala pentatônica menor de todas as tonalidades.
Acompanhe a tabela abaixo:

FINALIZANDO

Chegamos ao fim de mais um episódio das Dicas de Teclado!
Se você ainda não conferiu as aulas, corre lá no Canal do YouTube do Ramon.
Para mais aulas e conteúdos sobre música, teclado e piano:

Faça o download grátis do livro “COMO TOCAR TECLADO BEM”.
Se restou alguma dúvida, deixe um comentário para que nossa equipe possa te ajudar!
Um abraço e até próxima!
Raquel Xavier

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

VAMOS APRENDER TECLADO DE FORMA EMPOLGANTE?

Destrave o seu talento musical com este guia completo!

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo