5 dicas para você ler partitura na velocidade da luz

5 dicas para você ler partitura na velocidade da luz
Fala tecladista! Tudo bem?
Se você acessou esse artigo é porque se interessa em saber como ler partitura na velocidade na luz e hoje quero te mostrar 5 dicas poderosas para você alcançar esse objetivo.
Aprender a ler partitura é altamente recomendado aqui no Aprenda Piano. É claro que você poderá estudar vários dos nossos cursos sem saber ler partituras, inclusive falo isso em muitos de nossos vídeos.
No entanto, daqui para frente passaremos vários conteúdos, incluindo exercícios, que exigirão que você leia partitura (ou pelo menos o básico). O exercício de Jazz Hanon que publiquei na semana passada é um exemplo.
Por isso, eu decidi trazer essas dicas poderosas a você.

Como ler partitura na velocidade da luz

ler-partitura-rapidamente
Naturalmente, não é possível tocar partituras no piano e teclado na velocidade da luz. Essa situação é completamente surreal. 😉
A velocidade da luz é de 300 mil quilômetros por segundo! Só para você ter uma ideia, a luz do sol demora 8 minutos para chegar na Terra.
Quando eu me referi à leitura de partitura na velocidade da luz foi só uma expressão usada para remeter à velocidade. Isso porque é perfeitamente possível você ler partitura com velocidade, se houver motivação de sua parte e força de vontade para aprender.
E, é claro, se encontrar um caminho realmente eficaz para o desenvolvimento, melhor ainda!

Eu já sofri trilhando caminhos errados

metodos-de-piano
Esse é um dos sérios problemas que identifiquei: Eu já comprei muitos materiais sobre teoria musical que não me levaram à lugar algum.
Aprender partituras por meio de alguns livros e métodos maçantes pode ser um desafio intransponível para muita gente. Não só porque ler partitura por si só já é um desafio, mas porque há vários métodos que tornam o desenvolvimento ainda mais complicado. Por causa disso, muitos músicos desistem no meio do caminho (infelizmente).
Eu sei disso porque vivi na pele (e ainda vivo, porque estou sempre comprando e testando novos materiais).
Se você já caminha conosco há algum tempo no Aprenda Piano, sabe que nossa missão é formar músicos extraordinários. Um dos nossos objetivos por aqui é facilitar ao máximo o aprendizado e o desenvolvimento musical, pois isso auxilia diretamente no cumprimento de nossa missão.
Aprender a ler partitura no teclado ou piano é como aprender uma nova linguagem, um novo idioma. Há vários caminhos para se aprender. Uns caminhos levam mais tempo, outros menos.

5 dicas: como ler partitura rapidamente

Meu objetivo com esse artigo é passar 5 dicas para você ler partitura mais rápido. Quero tornar o seu caminho mais fácil e prazeroso, e espero sinceramente conseguir esse feito.

#1 Aprenda um coisa por vez

aprendizado-musical-gradual
Uma abordagem que funcionou para mim foi me dedicar a aprender uma coisa por vez e nunca conhecer duas matérias novas no mesmo dia.
O cérebro precisa de tempo para assimilar novos conhecimentos e se você quiser aprender tudo de uma vez só, você já sabotou seu aprendizado.
Por exemplo: em um dia eu me dediquei a aprender somente 4 ou 5 notas da clave de sol, não mais do que isso. Só depois parti para conhecer as outras notas. Assim fui “matando” matéria por matéria (notas, símbolos, ritmos, mão direita, mão esquerda, acordes e etc.).
Já pensou se alguém que quer aprender inglês e tenta decorar 1.000 palavras em um só 1 dia? É possível que a pessoa não memorize nenhuma, pois há uma sobrecarga de informação e o cérebro não funciona assim.
Então, o segredo aqui é paciência. Aprenda uma coisa por vez.

#2 Uma música simples por hora

partitura-facil-musica
Outra dica poderosa para você ler partituras para piano rapidamente é começar tocando músicas simples (bem simples mesmo).
O ideal é que você consiga aprender a tocar a música inteira (lendo a partitura) em menos de 1 hora.
O propósito dessa abordagem é simples: durante o aprendizado de leitura musical se você tentar vencer um desafio muito grande poderá desistir no meio do caminho. Isso porque seu cérebro vai começar a avisar que você não está avançando e assim você se desmotiva porque pensa que não está aprendendo nada.
O motivo de você começar tocando o simples é para você “sentir” o avanço no seu desenvolvimento musical e “avisar” seu cérebro que você está no caminho certo!
A dica aqui é: Evite desafios intransponíveis, comece do degrau 1 e vá subindo conforme você se sente confiante.

#3 Slow tempo

andamento-lento-musica
Ninguém chega ao rápido sem passar pelo devagar (eu sei que parece frase de traseira de caminhão, mas a ideia é válida).
Você deve enxergar a prática de leitura musical como se fosse dirigir um carro, dando a partida, colocando a primeira marcha e depois acelerando.
É uma dica muito parecida com a anterior, mas aqui estamos focando mais no andamento da música. Quis dar essa dica porque vejo músicos que querem executar a leitura da partitura em um andamento muito mais rápido do que estão preparados.
Aí, muitos erros acontecem (tantos que a pessoa não consegue executar sequer algumas notas corretamente). Esse caminho não funciona.
Recomendo você ir devagar e acelerando a leitura conforme os erros forem desaparecendo.

#4 Escolha músicas que você gosta

partitura-titanic
Essa dica é simples mas muito poderosa: Exercite a leitura da partitura com músicas que você conhece e gosta.
Não importa se for a trilha do filme Titanic. 😉
As pessoas que seguem esse caminho percebem um desenvolvimento muito mais acelerado. Inclusive, essa experiência foi feita com crianças por um professor aqui no Brasil e os resultados foram surpreendentes (infelizmente, não lembro o nome do professor, nem do site dele – se alguém souber me avise para eu pôr o link aqui).
A dica aqui é: Procure na internet partituras para piano de músicas que você já conhece e trabalhe em cima delas. Vai ser mais prazeroso e eficaz.

#5 Pratique o sight-reading

leitura-a-primeira-vista-partituras
Pratique o conhecido sight-reading.
Sight-reading é a leitura à primeira vista, que consiste em executar uma partitura sem ter estudado ela antes. Se você quiser mais informações sobre isso aqui está o link da Wikipedia em inglês, que tem muita informação boa.
A ideia dessa dica é praticar a leitura sem pré-estudo. Você pode começar com simples exercícios e passagens e depois passar para músicas completas.
Lembre-se: Se você já tocou uma vez, já não é mais “sight-reading”. Uma vez que você tenha lido aquela partitura, não execute-a novamente. Se você quiser realmente usar essa abordagem, deverá usar sempre uma nova partitura.

Resumo: Como ler partituras rapidamente

É isso aí! Espero que você tenha gostado. Segue abaixo um breve resumo do artigo:

  1. Estude uma coisa por vez, não precisa ficar ansioso.
  2. Comece com músicas simples, de preferência aquelas que você aprende em menos de 1 hora.
  3. Inicie os exercícios lentamente e vá acelerando.
  4. Trabalhe com músicas que você já conhece e gosta.
  5. Pratique leitura à primeira vista.

PS: Recomendo que você dê uma olhada nesse vídeo que gravei sobre o aprendizado da partitura! 😉

E você? Como costuma praticar a leitura de partitura? Comente!
Até breve!
Ramon Tessmann

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

VAMOS APRENDER TECLADO DE FORMA EMPOLGANTE?

Destrave o seu talento musical com este guia completo!

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo

PARTICIPE DO MEU GRUPO EXCLUSIVO NO TELEGRAM​

Clique abaixo para estudar comigo e receber os avisos das aulas diretamente no seu Telegram.