A "triste" beleza da Escala Dórica

A "triste" beleza da Escala Dórica

Fala tecladista! Hoje quero compartilhar com você uma escala interessante para quem gosta de um som mais sofisticado. Me refiro a escala Dórica, uma escala muito usada no jazz, música pop e outros estilos musicais.

A escala Dórica é o segundo modo derivado da escala diatônica, a escala maior. Ao executá-la você percebe que é uma escala que transmite uma “tristeza suave”, ou quem sabe, uma “tristeza sofisticada”.

Sempre que você quiser dar esse efeito na sua execução, experimente usar essa escala e depois me conte nos comentários o que achou.

O exemplo abaixo é a escala Mi Dórico.

Execute-a no teclado e sinta a sensação:

E então o que achou? Sentiu o efeito?

Aplicação da Escala Dórica

Por ter a terça menor (3-) a escala Dórica normalmente é aplicada sobre acordes menores, mais especificamente sobre o 2º acorde do Campo Harmônico.

Vamos supor que você encontre essa progressão de acordes:

C – Dm7 – G7

Nesse caso você poderia executar a escala Dórica sobre o acorde de Dm7, que é o segundo acorde do Campo Harmônico de C.

Note que a escala Dórica de ré tem as mesmas notas da escala de dó, sendo que a diferença está na ênfase que você dará na nota principal da escala.

Todas as escalas Dóricas

Segue abaixo um quadro com todas as escalas Dóricas para você praticar no teclado ou piano. Na mão esquerda execute o acorde menor e na mão direita execute a escala Dórica.

Por exemplo: no caso do C, execute Cm7 na mão esquerda e depois execute a respectiva escala Dórica na mão direita.

Então, mãos à obra:

Para você dominar a matéria Modos Gregos recomendo fortemente que você estude:

Se você gostou desse conteúdo deixe um comentário porque assim eu escrevo mais artigos como esse. E se quiser que eu aborde algum tema específico fique à vontade para solicitar.

Até breve,
Ramon Tessmann

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

VAMOS APRENDER TECLADO DE FORMA EMPOLGANTE?

Destrave o seu talento musical com este guia completo!

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo