Perguntas e Respostas: Curso de Piano Popular ou Piano Clássico?

Pergunta e Resposta: Curso de Piano Popular ou Piano Clássico?
Fala, Tecladista! Tudo certo por aí? Aqui é o Heitor Carvalho, do Aprenda Piano, para falar sobre como você pode tirar o melhor do seu curso de piano popular.
Primeiramente, para que você possa tirar o melhor do seu curso é preciso conhecer ele, no caso, o que seria um curso de piano popular.
Então para isso, vamos entender os dois tipos de cursos de piano existentes:

  • Curso de Piano Popular
  • Curso de Piano Clássico/Erudito

Curso de Piano Popular

Antes de mais nada saiba que um pianista formado por um curso de piano popular é tão bom quanto um formado por um curso de piano clássico.
Única coisa que altera a formação de ambos, é a técnica que cada um aprende.
O pianista popular toca por meio de cifras, sendo assim é importante que ele conheça muito bem de harmonia, acordes, ritmos e tenha muita criatividade.
Analisando essas características, é possível fazer a relação do curso de piano popular, com a música popular.
Ou seja, o pianista popular desenvolve técnicas para tocar músicas populares.
Assim um pianista popular geralmente toca em bandas, casas noturnas, eventos como casamento, aniversário e entre outros.
Uma particularidade do pianista popular, é que ele é capaz de se sair bem como pianista clássico, porém o contrário não é muito comum, em função do improviso.
Por conta disso, muita gente acredita que o piano popular é mais fácil, porém se engana.
Um curso de piano popular é tão difícil quanto um clássico.

Curso de Piano Clássico

Um curso focado na técnica, esse é o curso de piano clássico.
No piano erudito você irá trabalhar as suas habilidades no teclado até ter total controle sobre ele, tirando o máximo do seu instrumento.
Ler partitura deve se tornar algo natural para você, já que as músicas clássicas se baseiam todas em partituras.
Por esse motivo é importante desenvolver suas técnicas corporais, para que você possa fazer o que a partitura pede.
Assim, para ser considerado um bom pianista clássico é necessário ter total controle do corpo (movimentos/técnicas) e mente (conteúdo/leitura musical).
Para que se tenha noção de quanto é necessário se desenvolver para produzir música clássica, lembre dos principais artistas clássicos:

  • Chopin
  • Beethoven
  • Mozart
  • Bach

Popular x Clássico

Essa questão é muito particular, pois depende do que o músico procura.

Tocar as músicas que ouve no dia a dia das rádios?

Então, Piano Popular!

Mas eu preferir reproduzir obras de Beethoven e mais artistas da época?

Então, Piano Clássico!
Além dessa questão envolvendo o estilo musical, outra relação deve ser analisada:

  • Cifras
  • Partitura

Se você quer tocar piano de forma clássica, ter total entendimento sobre partituras é mais do que fundamental.
Assim como se você deseja tocar música popular, entender sobre cifras é o mínimo.
É nesse momento que muitos músicas optam pela música popular, por sentirem dificuldade com partituras.
Mas nada impede você de por exemplo começar com música popular e cifras e quando se sentir preparado, se dedicar a música clássica e as partituras.

Concluindo

Agora que você já sabe o que esperar de um curso de piano popular e de um clássico, escolha o que mais lhe agrada.
É preciso ter identificação com o conteúdo a ser estudado, só assim você terá sucesso na caminhada.
Mas independente de sua escolha conheça nossa metodologia de ensino clicando aqui.
Para você que está pensando em escolher um curso para aprender a tocar piano ou teclado, o Método M30 é o curso certo para você!
Um forte abraço e até mais!
Heitor Carvalho

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

VAMOS APRENDER TECLADO DE FORMA EMPOLGANTE?

Destrave o seu talento musical com este guia completo!

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo