Conheça os tipos de acordes com sétima

Conheça os tipos de acordes com sétima

Fala tecladista! Como vai? Aqui é a Raquel Xavier, do Aprenda Teclado para falar sobre os tipos de acordes com sétima.

Sabe aquele sete que você vê na cifra e sempre deixa ele de lado ou para depois? Então, é hoje que vamos aprender a tocá-lo.

Os acordes com 7ª têm uma sonoridade única e um toque de sofisticação, que tenho certeza que depois de você aprender e se acostumar com eles, não vai mais querer parar de tocar.

Eu utilizo a sétima em improvisos e em algumas situações junto com a banda, mas é preciso um pouco de cuidado quando colocar ela tocando junto com outros instrumentos, porque pode acabar sendo “demais” e então o que era pra ser bonito se torna desnecessário!

Ah! Já adianto que no final desse artigo vamos passar uma DICA que vai te ajudar e muito naquele momento que é preciso pensar rápido. Vamos lá ! 😉

TIPOS DE SÉTIMA

Sim, temos mais de um tipo de sétima! Vamos falar das duas mais usadas: 7M (sétima maior) e 7 (sétima). É importante ressaltar que a 7 (sétima) também pode ser chamada de sétima menor.

As sétimas surgem do intervalo entre o 1º grau e a 7ª nota. Para que você possa perceber isso claramente, vamos montar a escala de Dó Maior e colocar os graus.

Dó – Ré – Mi – Fá – Sol – Lá – Si
1 – 2 – 3 – 4 – 5- 6 – 7

A 7ª nota da escala de Dó Maior é Si, mas calma ainda precisamos classificar qual sétima é. Essa forma de pensar é rápida porque você pode contar nos dedos a 7ª nota, não se esquecendo dos acidentes que podem aparecer.

Veja o mesmo exemplo com a escala de Sol Maior:

Sol – Lá – Si – Dó – Ré – Mi – Fá#
 1 – 2 – 3 – 4 – 5 – 6 – 7 

Neste caso a 7ª nota da escala de Sol Maior é Fá#.


CLASSIFICANDO A SÉTIMA

Como falamos a sétima nada mais é que um intervalo, então a diferença entre a 7 e a 7M é de apenas de meio tom, por isso é fácil de confundir uma com a outra.

A sétima maior (7M) tem a distância de 5 tons e meio do 1º grau.
Veja:

Dó – Ré – Mi – Fá – Sol – Lá – Si
TOM – TOM – MEIO TOM – TOM – TOM – TOM

A sétima menor (7) tem a distância de 5 tons do 1º grau.
Veja:

Dó – Ré – Mi – Fá – Sol – Lá – Sib
TOM – TOM – MEIO TOM – TOM – TOM – MEIOTOM


A SÉTIMA NO ACORDE MAIOR

Agora é a hora de colocar a sétima no acorde maior!
Vamos continuar usando como exemplo o Dó, o acorde de C é composto por: Dó  – Mi  –  Sol. Agora só adicionar a 7ª ao acorde. Veja só:

C7M =  C + 7M  

C7 =  C + 7

Vamos ver como fica com o Sol Maior?

G7M = G + 7M

G7 = G + 7


Ao acrescentar a 7ª no acorde nós temos quatro sons, ou seja, o acorde passa a ser uma tétrade e não mais uma tríade.


A SÉTIMA NO ACORDE MENOR

A mesma coisa se aplica para o acorde menor, mas lembre-se de montar a escala menor. Vejamos com o Lá Menor:

Lá – Si – Dó – Ré – Mi – Fá – Sol
1 – 2 – 3 – 4 – 5 – 6 – 7

Contando os tons:

Sétima Maior (7M)

Lá – Si – Dó – Ré – Mi – Fá – Sol
TOM – MEIOTOM – TOM – TOM – MEIO TOM – TOM

Sétima Menor (7)

Lá – Si – Dó – Ré – Mi – Fá – Sol#
TOM – MEIOTOM – TOM – TOM – MEIO TOM – 1 TOM e MEIO

Agora vamos colocar a sétima no acorde:
Am7M =  Am + 7M

Am7 =  Am + 7


Você vai começar a perceber que é mais comum encontrar acorde menor com sétima menor (ou sétima) do que encontrar acorde menor com sétima maior.

Por que? Toque esses acordes e ouça o som deles. Ouviu? A sensação que temos é que o acorde menor com sétima menor tem uma sonoridade que se encaixa melhor, já o acorde menor com sétima maior tem um som não muito agradável, esse é um dos motivos de não se ver tantos acordes menor com sétima maior, e acontece porque a 7M no acorde menor não está no campo harmônico maior.

Vamos observar o Campo Harmônico com sétima!

Olha só como fica:

Então os acordes menores no campo harmônico maior vão ser com sétima menor que acompanha as notas da escala de dó maior, por isso a sonoridade encaixa muito bem!


DICA PARA ENCONTRAR A SÉTIMA

Agora vai aquela dica que sempre ajuda nos momentos que precisamos pensar rápido!

Um caminho simples e rápido para encontrar a sétima é: Diminuir 1 tom ou meio tom do 1º grau.

Exemplo:

  • Se diminuir 1 tom de Dó vamos ter o Sib, e o Sib é a sétima do acorde do C.
  • Se diminuir meio tom de Dó vamos ter o Si, e o Si é a sétima maior do acorde do C.


CONCLUINDO

Isso aí tecladista, agora é só começar a colocar em prática e não deixar mais as sétimas pra depois!

Abraço e até a próxima!
Raquel Xavier

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

VAMOS APRENDER TECLADO DE FORMA EMPOLGANTE?

Destrave o seu talento musical com este guia completo!

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo

PARTICIPE DO MEU GRUPO EXCLUSIVO NO TELEGRAM​

Clique abaixo para estudar comigo e receber os avisos das aulas diretamente no seu Telegram.