Como montar um Acorde: Passo a passo

Como montar um Acorde: Passo a passo
Fala tecladista! Como você está? Aqui quem fala é o Augusto Canarin, do Aprenda Piano e estou aqui hoje para te ensinar como montar um acorde passo a passo.
Parece algo tão simples, mas na verdade existe alguns caminhos ou até mesmo atalhos que você pode tomar para facilitar o processo.
O que eu estou querendo dizer é que montar um acorde pode parecer difícil porém sabendo a sequência correta de como fazer isso, tudo se torna muito mais fácil.
Existe uma ordem de fatores para se montar um acorde, e é isso que nós vamos estudar agora.
Conteúdos que você precisa aprender, detalhes que são muito importantes, como tocar um acorde tanto na mão direita quanto na mão esquerda e por aí vai.
Posso garantir que depois de ler o conteúdo desse artigo, sua mente em relação aos acordes vai abrir de uma forma incrível.
Preparado? HORA DE MONTAR!

VÍDEO AULA

PASSOS PARA MONTAR UM ACORDE

Nesse tópico vou te passar apenas algumas coordenadas daquilo que vamos falar nesse artigo.
Esse tópico é como se fosse uma espécie de índice de assuntos.
Então fique bem atento aos conteúdos e a ordem de cada um deles.

ÍNDICE

  1. Ordem das notas
  2. Escalas Maiores
  3. Graus musicais
  4. Tipos de acordes
  5. Mão direita x Mão esquerda

São esses os principais passos para se montar um acorde, independente de qual seja.
Vamos começar a seguir o nosso caminho? Vem comigo!

#1 – ORDEM DAS NOTAS

Antes de fazer qualquer coisa para formar um acorde, você precisa primeiramente saber como funciona as notas no piano/teclado e a ordem de cada uma delas.
Cada nota é disposta de uma forma no teclado, e sabendo cada uma delas e a posição em que elas se encontram facilita e muito na hora de executa-las em forma de acorde.
Então, para iniciarmos essa parte, você precisar saber que existem na música e no piano:

  • 12 teclas = 12 notas
  • 7 teclas brancas
  • 5 teclas pretas

Sabendo isso, já te deixa melhor posicionado no instrumento!
Essas teclas brancas são chamadas de naturais e as teclas pretas, sustenidos.
Essas 12 notas ou 12 teclas, se repetem por todo o instrumento em grupos. Ou seja, podemos ter teclados com diferentes número de teclas.
Um piano porém, possui 88 teclas, dividas em 7 grupos de 12 notas com outras 4 teclas a mais.
As notas musicais tenho certeza que você já conhece quase todas:

Dó – Dó# – Ré – Ré# – Mi – Fá – Fá# – Sol – Sol# – Lá – Lá# – Si

Abaixo temos uma ilustração da ordem em que elas se encontrar no instrumento e qual a posição de cada uma delas:

Sabendo as notas e a ordem de todas elas, já adianta e muito aquilo que você precisa para montar um acorde.

#2 – ESCALAS MAIORES

Agora que você já sabe como funcionam as notas no piano/teclado, vamos estudar alguns conjuntos específicos dessas notas.
Cada nota musical (dó, dó#, ré, …) possui um conjunto de mais 7 notas, formando assim as famosas escalas.
Para montar um acorde você precisa principalmente então conhecer sobre as escalas mais famosas de todas: escalas maiores.
A partir dessa escala, você consegue montar uma variedade de acordes.
E como funciona essas escalas maiores?
O que você precisa entender é que ela:

  • Possui 8 notas, sendo duas notas iguais (início e fim)
  • 12 notas = 12 escalas maiores

Para formar cada escala maior, utiliza-se a seguinte sequência:

TOM – TOM – SEMITOM – TOM – TOM – TOM – SEMITOM

Com essa sequência você consegue montar qualquer escala maior que quiser.
Acompanhe então, as 12 escalas em forma de ilustrações e veja como cada uma funciona:
Escala de Dó

Escala de Dó sustenido

Escala de Ré

Escala de Ré sustenido

Escala de Mi

Escala de Fá

Escala de Fá sustenido

Escala de Sol

Escala de Sol sustenido

Escala de Lá

Escala de Lá sustenido

Escala de Si

#3 – GRAUS MUSICAIS

Agora que você já sabe as notas e o conjunto de cada uma delas na escalas, você precisa aprender a simbologia.
Isso na verdade creio que é o assunto mais fácil de todos!
Você pode notar que em cada escala nós temos 8 notas. Cada nota é identificada através de um número.
Esses números representando as notas, são conhecidos por graus musicais.
Então por exemplo, na escala de dó temos:

Dó – Ré – Mi – Fá – Sol – Lá – Si 

Em graus musicais:

1º – 2º – 3 – 4º – 5º – 6º – 7º – 8º

Essa definição em graus musicais é só para facilitar a comunicação e a escrita.
Por exemplo, se eu falar pra você que eu quero o 5º grau da escala de sol, você sabe que estou falando da nota ré.
Isso facilita muito a identificação de cada nota!

#4 – TIPOS DE ACORDES

Chegou então a parte mais importante do nosso artigo!
Agora sim nós vamos montar alguns acordes com aquilo que já aprendemos.
Veja alguns tipos de acordes que vamos formar aqui:

  • Acorde Maior
  • Acorde Menor
  • Acorde Maior com sétima maior
  • Acorde Maior com sétima
  • Acorde Menor com sétima
  • Acorde com Nona

Entenda que todo acorde que você quiser fazer, se seguir esse padrão, é totalmente POSSÍVEL.
Tenha a escala maior como padrão e assim vá montando todo tipo de acorde.
Então, vamos lá!

ACORDE MAIOR

Vamos direto ao ponto!
Para formar o acorde maior, você vai precisar do: 1º grau – 3º grau – 5º grau
Todos os acordes serão montados em cima da tonalidade de lá.
Vá até a escala de lá e veja quais são as notas que representam esses graus.

Escala de Lá (1º – 3º – 5º): Lá – Dó# – Mi

Acorde de Lá maior (A)

ACORDE MENOR

Para o acorde menor, basta apenas mudar o 3º grau.
O 1º e 5º grau serão mantidos, apenas diminuindo um semitom do 3º grau.
Ficará assim: 1º – 3ºb – 5º (Lá – Dó – Mi)
A letra “b” indica o termo bemol, ou seja, sempre que ela aparecer significa que você precisa diminuir um semitom.
Acorde de Lá menor (Am)

ACORDE MAIOR COM SÉTIMA MAIOR

Esse acorde não precisa nem de muita explicação.
Você vai utilizar as mesmas notas obviamente do acorde maior e acrescentar o 7º grau: sol sustenido.

1º – 3º – 5º – 7º

Acorde de Lá maior com sétima maior (A7M)

ACORDE MAIOR COM SÉTIMA

Mantendo ainda as mesmas notas do acorde maior, agora você vai diminuir meio tom do próprio 7º grau.

1º – 3º – 5º – 7ºb

O sétimo grau maior de lá é sol sustenido. Diminuindo um semitom, nós temos a nota sol como sétima menor.
Acorde de Lá maior com sétima (A7)

ACORDE MENOR COM SÉTIMA

Volte agora para as notas do acorde menor.
Você agora vai juntar as notas do acorde menor com a sétima menor.

1º – 3ºb – 5º – 7ºb

Acorde de Lá menor com sétima (Am7)

ACORDE COM NONA

Para finalizar os nossos acordes, temos agora o acorde maior com nona.
Mantenha os graus do acorde maior (1º – 3º – 5º) e adicione o nono grau (9º).

1º – 3º – 5º – 9º

Acorde de Lá maior com nona (A9)

Pode ser que fique muito difícil de tocar esse acorde com a nona tão distante das outras notas.
Então, recomendo que você reposicione a 9ª e traga para perto das restantes. Dessa forma:

Você percebeu como é fácil montar um acorde seguindo apenas os números, graus e a escala maior?
Qualquer acorde que você quiser formar, utilize esse esquema. Vai te ajudar muito!

#5 – MÃO DIREITA X MÃO ESQUERDA

Caso você queira tocar esses acordes com as duas mãos, siga essa numeração dos dedos em cada mão.

A sua mão direita, para tocar o acorde com 3 notas, como o acorde maior e menor, irá utilizar os dedos onde os números combinem com os graus.
Por exemplo, em um acorde maior (1º – 3º – 5º), utilize os dedos 1 – 3 – 5 na mão direita.
Já na mão esquerda, você vai tocar apenas o 1º e o 5º grau.
O primeiro e o quinto grau na mão esquerda servem para fazer o acompanhamento, ou seja, você pode fazer o mesmo acompanhamento para o acorde maior, menor, maior com sétima, com nona, …
Juntando então as duas mãos, no exemplo com o acorde maior, ficaria assim:

FINALIZANDO

E aí, o que você achou do artigo hoje? Consegue agora montar um acorde tranquilamente, não é mesmo?
Siga essa sequência para salvar a sua vida quando o assunto for acordes.
Recomendo que você acesse nossos cursos online e nossos materiais educativos, e fique por dentro de todas as novidades.
Por hoje é isso!
Forte abraço e bons estudos,
Augusto Canarin

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

VAMOS APRENDER TECLADO DE FORMA EMPOLGANTE?

Destrave o seu talento musical com este guia completo!

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo