Como inverter acordes de uma progressão?

Como inverter acordes de uma progressão?
Fala tecladista! Aqui é a Raquel Xavier do Aprenda Piano e hoje vamos ver como inverter acordes de uma progressão.
É muito falado sobre inversão de acordes, aqui mesmo no Aprenda Piano, afinal estamos sempre lançando artigos que te incentivem a inverter acordes.
Mas hoje não é exatamente sobre os tipo de inversão que vamos falar…
Vamos usar a inversão de acordes “fora da caixa”, ou seja, fora do padrão que você normalmente vê!
Com este artigo quero te mostrar quão fácil é utilizar as inversões no seu dia a a dia musical.
Então, está pronto? Eu estou 😉 Vem comigo!

CONCEITO DE INVERSÃO DE ACORDES

Por mais que a gente vá sair do padrão isso não nos dá o direito de fazer algo sem ter conhecimento.
Vamos sair da “caixa” com consciência, hein!
Inverter acordes são maneiras de distribuir as notas do acorde em diferentes ordens.
Por exemplo, um acorde tem no mínimo três notas. Vamos supor que seja a nota X, Y e Z.
Por que organizar elas apenas assim, X – Y – Z, se podemos organizar assim Y – Z – X ou ainda assim Z – X – Y.
Sim, é exatamente isso mesmo que você percebeu, a única coisa que mudou foi a maneira de as notas estarem distribuídas.
Afinal elas continuam as mesmas, porém em posições diferentes.

SAINDO DO PADRÃO

O padrão é estudar as inversões de todos os acordes, memorizar e aplicar.
PS: Não deixe de estudar as inversões individualmente.
Mas neste artigo vamos usar as inversões a nosso favor! 😉
Vamos encontrar elas para achar o acorde mais próximo, mais perto.

PROGRESSÃO 1 – 6 – 4

Para conseguir aplicar essas inversões vamos precisar de uma sequência de acordes, vamos usar os graus 1, 6 e 4 na tonalidade de Dó maior.
Aplicando teremos o acorde de Dó maior, o acorde de Lá menor e o de Fá maior.
Veja eles no seu estado fundamental:
Dó Maior – C

Lá Menor – Am

Fá Maior – F

HORA DE INVERTER ACORDES

Bom, agora o nosso desafio é inverter para que os acordes fiquem o mais perto o possível.

#DÓ MAIOR

O primeiro acorde é o Dó maior, como ele é o primeiro podemos deixar ele no estado fundamental e usar como referência.
No acorde de Dó maior temos as nota Dó, Mi e Sol.
Na nota Dó está o dedo 1 (polegar) da mão direita, na Mi o dedo 2 (indicador) da mão direita e em Sol o dedo 4 (anelar) também da mão direita.

#LÁ MENOR

O próximo acorde é o Lá menor com as nota Lá, Dó e Mi.
Agora eu te pergunto, quantas notas iguais tem o acorde de Lá Menor e de Dó Maior?
Duas, óbvio! A nota Dó e a nota Mi.
Então preste muita atenção agora!
As notas que são iguais não precisam ser mudadas, ou seja, não precisamos mexer os dedos que estão pressionando estas notas.
A única nota que a gente vai mudar é a que está no dedo 4 (anelar). Tirando da nota Sol e colocando para a nota Lá.
Assim teremos o acorde de Lá menor invertido!
Veja como fica no teclado, primeiro o Dó maior depois o Lá menor:
Dó Maior – Sem inversão
DóMiSol
Lá Menor – Invertido
DóMiLá
Olha como fica simples de fazer a troca de acordes!
No acorde de Lá Menor a nota Dó está no dedo 1, a nota Mi no dedo 2 e a nota Lá no dedo 4.

#FÁ MAIOR

Para terminar a nossa progressão de acordes teremos o Fá maior.
As notas que formam Fá maior são: Fá, Lá e Dó.
Faço a mesma pergunta, quantas notas iguais tem o acorde de Fá Maior e Lá Menor?
Duas também, agora, Lá e Dó.
Assim os dedos que estão pressionando estas notas não vão precisar sair do lugar, apenas a nota que é diferente.
Então vamos ter que movimentar a nota Mi para a nota Fá, que é o dedo 2 (indicador).
Em ordem fica assim a inversão do acorde de Fá Maior, a nota Dó no dedo 1 (polegar), a nota fá no dedo 2 (indicador) e a nota lá no dedo 4 (anelar).
Veja o que vai mudar no acorde de Lá Menor para o acorde de Fá Maior:
Lá Menor – Invertido
DóMiLá
Fá Maior – Invertido
DóFáLá
Só mudou um dedo, ou uma nota, como você preferir pensar! Isso é usar a inversão do acorde a nosso favor.

CONCLUINDO

Tecladista, tente fazer a mesma coisa com outros acordes! Ache as notas em comum e apenas mexa o dedo da nota que precisa ser trocada. 😉
Assim ficou fácil inverter acordes, né? Caso tenha ficado com alguma dúvida, não esqueça de deixar um comentário, hein!
Aqui no Aprenda Piano queremos sempre ver você crescendo e se desenvolvendo musicalmente, então para que isso aconteça temos conteúdos feitos especialmente para você!
Confira alguns desses conteúdos que tem mudado a forma de tocar de muitos tecladistas:

Abraço e até a próxima!
Raquel Xavier

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

VAMOS APRENDER TECLADO DE FORMA EMPOLGANTE?

Destrave o seu talento musical com este guia completo!

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo

Participe da

Semana do Teclado

O passo a passo para a realização do
seu sonho de tocar teclado em 30 dias