O mistério do Acorde Quartal

O mistério do Acorde Quartal


Fala tecladista! Tudo certo? Aqui é a Raquel Xavier, do Aprenda Piano, e hoje vamos falar sobre os acordes quartais.

Os acordes quartais são como um tesouro escondido no mundo da música!

Poucos conhecem os acordes quartais, e é por isso que vamos falar sobre eles.

A sonoridade do acorde quartal é diferente, sofisticada e misteriosa.

É o tipo de acorde que você já ouviu mas nunca conseguiu fazer ou nunca teve o conhecimento necessário para montar.

Então é hoje que vamos elevar o nível da sua harmonização. 😉

Está pronto? Venha comigo até o final!

O Acorde

Então o nome do acorde é: Acorde Quartal.

Certo, o que é acorde você já sabe, e o que é quartal? O que este nome te lembra?

Bom, eu particularmente, vejo grande relação com o número quatro, acredito que você tenha feito a mesma relação.

Estes acordes têm grande relação com o número quatro, porque para montar ele vamos ter intervalos de quarta justa.

Montando o acorde

Para a montagem vamos usar como exemplo o acorde de Dó maior (C).

Primeiro vamos montar a escala de Dó maior, veja como ela é:

Dó – Ré – Mi – Fá – Sol – Lá – Si – Dó

Agora veja no teclado:

dórémifásollási

Se você não se recorda como se monta uma escala maior, clique aqui e veja mais sobre este assunto.

Voltando ao acorde!

A primeira nota do acorde será o próprio .

Agora precisamos de um intervalo de quarta justa, de uma maneira mais fácil, precisamos contar quatro notas na escala de dó.

Olhando novamente na escala e contando chegaremos no .

1 – 2 – 3 – 4
Dó – Ré – Mi – 

Então já temos duas notas dentro do nosso acorde, por enquanto ele está assim:

dófá

Agora vamos contar do Fá mais quatro notas.

Só que como vamos começar a contar do Fá vamos ter que construir a escala de Fá para encontrar a quarta justa, ou a quarta nota.

Veja como é a escala de fá maior.

Fá – Sol – Lá – Sib – Dó – Ré – Mi – Fá

No teclado:

fásollásibdórémifá

Agora vamos contar quatro notas, assim:

1 – 2 – 3 – 4
Fá – Sol – Lá – Sib

Ótimo, já temos três notas no nosso acorde quartal!

As notas são o Dó, o Fá e o Sib.

No teclado ela fica assim:

do fa si-bemol

Este é o acorde quartal de Dó.

Cifra do Acorde Quartal

Na cifragem dos acordes tudo que foge da tríade é preciso mostrar na cifra.

No caso do acorde quartal apenas a nota Dó faz parte da tríade.

Então precisamos especificar a nota Fá e a nota Sib de dentro do acorde.

Primeiro vamos ao Fá!

Quando não temos o grau 3 (Mi) e temos o grau 4 (Fá) acontece o que chamamos de suspensão, o grau 4 dá esta sensação de suspense, de mistério, de instabilidade ao acorde.

Na cifra o que representa isso é a abreviação “sus” ao acorde.
Então até aqui temos a cifra, Csus.

Agora vamos a nota Sib!

Apesar da nota Sib não estar na escala de Dó maior, precisamos analisar quem é ela dentro deste acorde.

A nota Si é a sétima maior de Dó, ao diminuir meio tom do Si teremos o Sib que será a sétima de Dó.

Para representar a sétima na cifra usamos o número sete junto ao acorde.
Acrescentando o sete na cifra ela ficará assim: Csus7.

Pronto, conseguimos chegar lá. Toque este acorde e veja que sonoridade incrível!

Aplicando no Sol

Primeiro passo, escala de Sol maior.

Sol – Lá – Si – Dó – Ré – Mi – Fá# – Sol
1 – 2 – 3- 4- -5 – 6 – 7 – 8

Temos o Sol e a quarta nota da escala, que é o Dó.

soldó

Agora a partir do Dó.

Vamos ver qual é a quarta nota da escala de Dó.

Dó – Ré – Mi – Fá – Sol – Lá – Si – Dó
1 – 2 – 3 – 4 – 5 – 6 – 7 – 8

Neste caso é a nota Fá.

Juntando as três notas temos: Sol – Dó – Fá.

No teclado ficaria assim:

soldófá

Este é o acorde quartal de Sol, a cifra deste acorde é: Gsus7.

Incluindo a Mão Esquerda

O que fazer na mão esquerda?

Ora, na mão esquerda vamos fazer o primeiro e o quinto grau, bem simples neste início.

Veja como fica com o acorde Csus7 com as duas mãos:

dósoldófásib

Concluindo

É isso aí tecladista agora é preciso treinar o acorde quartal, saber o que é e como funciona você já sabe, não tem mais desculpas.

Se você se dedicar, tenho certeza que este conteúdo vai modificar sua maneira de tocar consideravelmente, dando um ar sofisticado para sua harmonia e até mesmo para seu improviso.

Sugiro que continue visitando nosso site diariamente, para que assim você possa desenvolver sua musicalidade com os conteúdos que disponibilizamos aqui. 😉

Qualquer dúvida ou sugestão deixe um comentário para nós!

Abraço e até a próxima!
Raquel Xavier

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

VAMOS APRENDER TECLADO DE FORMA EMPOLGANTE?

Destrave o seu talento musical com este guia completo!

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo